Os melhores profissionais da saúde em um único lugar!

Autismo - A Diversidade que enfeita o mundo


Autismo  -  A Diversidade que enfeita o mundo

O Transtorno do Espectro Autista (TEA) também chamado de Desordens do Espectro Autista (DEA ou ASD em inglês), recebe o nome de espectro (spectrum), porque envolve situações e apresentações muito diferentes umas das outras, numa gradação que vai da mais leves à mais grave. Engloba diferentes condições marcadas por perturbações do desenvolvimento neurológico com três características fundamentais, que podem aparecer em conjunto ou isoladamente: dificuldade de comunicação por deficiência no domínio da linguagem e no uso da imaginação para lidar com jogos simbólicos, dificuldade de socialização e padrão de comportamento restritivo e repetitivo.

O TEA costuma ser identificado na infância, entre 1 ano e meio e 3 anos, embora os sinais iniciais às vezes apareçam já nos primeiros meses de vida.

Alguns sintomas podem ser observados como:

  • Ausência do Contato Visual 

  • Alinhar objetos .

  • Não Atender pelo nome 

  • Isolamento 

  • Resistencia a mudança de rotina

  • Não brincam com os brinquedos de forma infantil (convencional) Movimentos repetitivos 

  • Não falar - fazer gestos para se expressar

  • Ecolalia — Repetir frases ou palavras em momentos inadequados Não Compartilhar interesses e atenção 

  • Girar objetos — Alguns autistas têm uma obsessão em girar coisas, sem uma função aparente. Outro relato comum é o de crianças que gostam de ficar observando objetos que giram, como ventiladores, rodas de carros ou trem em movimentos e máquinas de lavar roupas.

  • Interesses restritos, hiperfoco 

  • Não imitar 

  • Não brincar de Faz-de-conta 

  • Apatia

  • Agressividade

  • Inquietação exacerbada

Alguns Fatores de risco

– Sexo masculino: o autismo é de duas a quatro vezes mais frequente em meninos do que em meninas

– Predisposição genética

Tratamento

Ainda não se conhece a cura definitiva para o transtorno do espectro do autismo. Da mesma forma não existe um padrão de tratamento que possa ser aplicado em todos os portadores do distúrbio. Cada paciente exige um tipo de acompanhamento específico e individualizado que exige a participação dos pais, dos familiares e de uma equipe profissional multidisciplinar visando à reabilitação global do paciente. O uso de medicamentos só é indicado quando surgem complicações e comorbidades. Cada ser humano é unico, um universo totalmente diferente, o autismo é um transtorno que não tem poder para criar dois autistas iguais.

Autismo e a Família

Crianças com autismo precisam de tratamento e suas famílias de apoio, informação e treinamento. Em Ariquemes contamos com a AMAAR - Associação de Mães de Autistas de Ariquemes ( https://www.facebook.com/amaarariquemes/ ) uma instituição que oferece importantes serviços nesse sentido.

Ter em casa uma pessoa com formas graves de autismo pode representar um fator de desequilíbrio para toda a família. Por isso, todos os envolvidos precisam de atendimento e orientação especializados.

Os autistas conseguem ver o mundo de um jeito especial e diferente, nos ensinando outras formas, outros tons, outras cores e outros sons... Lembrando que todos nós, em alguns momentos também estamos Autistas!!! (E isso é uma benção)

Encerro com algumas frases inspiradoras e reflexivas...

“Pessoas com autismo não mentem, não julgam, não fazem jogos mentais. Talvez possamos aprender alguma coisa com elas.” Autor desconhecido

“Os médicos determinaram um tratamento efetivo para pessoas com autismo. Chama-se respeito!” Some ecards

“O especialista me disse: tens autismo. Minha mãe me deu as mãos, olhou nos meus olhos e disse: você é perfeito!” Imágenes de Feliz Día

Fonte: @deboraclais