Os melhores profissionais da saúde em um único lugar!

Periodontite tem cura?


Periodontite tem cura?

A periodontite se origina do agravamento de casos de placas bacterianas, que quando não tratadas, se transformam em tártaro e se prendem aos dentes, próximo à região da gengiva, viabilizando a entrada desses microrganismos nela. Eles, então, passam a deteriorar não somente a estrutura gengival, mas também o osso de suporte da dentição, que em casos muito graves, pode demandar cirurgia de enxerto ósseo e posterior colocação de implantes dentários para suprir perdas.

Por se tratar de uma doença que causa danos permanentes – de difícil ou impossível reparação natural pelo organismo do paciente –, não se diz haver “cura” para a periodontite, mas sim, o controle de seu quadro. A remoção do tártaro, que exige raspagem profissional do cirurgião-dentista – já que a simples escovação é ineficaz contra ela –, assim como o tratamento de sua consequente inflamação, interrompe o processo de deterioração gengival e óssea.

O diagnóstico precoce da periodontite, portanto, tem como maior trunfo a possibilidade de acarretar menor perda de tecido gengival e ósseo, diminuindo as chances de queda de dentes e de necessidade de intervenções cirúrgicas futuras. No entanto, o controle da doença vai demandar um esforço redobrado do paciente com a manutenção de sua higiene bucal, além de exigir que se mantenha uma rotina regular de consultas com o cirurgião-dentista para acompanhar seu progresso e, eventualmente, realizar limpeza profissional nos dentes e gengivas, evitando o reaparecimento do tártaro.
 

Fonte: ORAL ESTHETIC