Os melhores profissionais da saúde em um único lugar!

Como curar o nervo ciático inflamado


Como curar o nervo ciático inflamado

O nervo ciático é o maior nervo do corpo humano, sendo formado por várias raízes nervosas que vem da coluna vertebral. O nervo ciático se inicia no final da coluna, passando pelos glúteos e parte posterior da coxa, e quando chega no joelho ele se divide entre nervo tibial e fibular comum, e chega até os pés. E é nesse trajeto todo que ele pode causar dor com sensação de formigamento, pontadas ou choque elétrico.

Quando existe compressão ou inflamação deste nervo, surge a dor ciática que causa sintomas como dor intensa no fundo das costas, glúteo ou pernas, dificuldade em manter a coluna ereta e dor ao andar. Nestes casos é importante procurar um médico ortopedista ou fisioterapeuta para que ele possa orientar o tratamento adequado. 

Sintomas de Nervo Ciático Inflamado

O nervo ciático inflama quando ele sofre uma compressão e pode causar sintomas na coluna, no glúteo ou na parte de trás da perna, como: 

  • Dor forte numa determinada região ou que se espalha ao longo do quadril ou perna, ao longo de todo trajeto do nervo;
  • Sensação de pontadas ou de choque elétrico;
  • Sensação de dormência ou formigamento numa das pernas e na planta do pé;
  • Fraqueza numa das pernas;
  • Dificuldade para caminhar ou ficar sempre na mesma posição;
  • A dor piora com repouso.

Tratamentos para nervo ciático

As opções são:

1. Remédios

Os remédios indicados para combater a dor ciática podem ser o Paracetamol, Ibuprofeno, ou os mais fortes, derivados da morfina como o Tramadol,  mas um relaxante muscular e o Diazepan também podem ser indicados pelo ortopedista. Mas uma forma mais natural de combater a dor é tomar o complexo de vitamina B, já que esta melhora a saúde dos nervos do corpo.

2. Massagem

A massagem com creme hidratante ou óleos essenciais é uma das melhores opções de tratamento caseiro para nervo ciático inflamado porque serve para aliviar a dor e melhorar a movimentação, porque relaxam os músculos das costas, pernas e glúteos, diminuindo assim a compressão do nervo, mas preferencialmente devem ser realizadas por um massagista ou fisioterapeuta e não exclui a necessidade de tratamento na clínica.

3. Exercícios 

O repouso piora a dor, assim como ficar muito tempo na mesma posição e por isso os exercícios leves são bem-vindos. Inicialmente são mais recomendados os alongamentos que podem ser feitos com a pessoa deitada de barriga para cima e abraçando as pernas, por exemplo.

Fonte: Tua Saúde

Fonte: Tua Saúde